Close
Skip to content

Rinoplastia

A cirurgia para corrigir alterações estéticas do nariz se chama rinoplastia. Este procedimento é indicado para melhorar tanto a aparência facial quanto a função respiratória nasal. Uma vez que cada nariz é diferente e a anatomia também varia muito em cada pessoa, a rinoplastia é uma das cirurgias mais complexas no campo da cirurgia facial.

As técnicas utilizadas variam conforme cada caso para assegurar um resultado harmonioso e duradouro ao paciente.

Para o sucesso da cirurgia, são necessários anos de experiência e estudos para se atingir o domínio das técnicas. Mesmo questões “simples” ou que pareçam “pequenas” requerem atenção e cuidado para o sucesso cirúrgico.

A rinoplastia é uma cirurgia complexa que leva, por vezes, de 3 a 4 horas para ser realizada. Em casos de cirurgia revisonal (rinoplastia secundária), pode levar de 5 a 6 horas para se garantir um bom resultado.

Cada rinoplastia é única: rinoplastia de preservação, rinoplastia de sustentação, uso de enxertos, remoção de cartilagens, uso de pontos… Para cada técnica, existe indicação e conhecimento que deve ser discutido com o paciente de uma maneira clara e objetiva.

Existem duas diferentes abordagens para a cirurgia: aberta, onde um pequeno corte é realizado na columela (corte externo), e fechada, onde o acesso é feito dentro das narinas. Cada técnica tem suas indicações e a decisão deve ser tomada em conjunto com o paciente.

Na avaliação do nariz para a rinoplastia, é importante identificar também possíveis alterações estruturais internas do nariz (desvio de septo, aumento dos cornetos nasais, rinite alérgica, pólipos nasais) . Com o devido tratamento e correção, melhora-se também a função respiratória do paciente, além da aparência externa.

É muito importante também fazer avaliação posterior após a cirurgia (e acompanhamento pelo tempo que for necessário), garantindo, com isso, um resultado estético duradouro e maior satisfação do paciente.

0627_0029