Close
Skip to content

TURBINOPLASTIA

Concha nasal, corneto ou, para o público leigo, carne esponjosa: trata-se de uma protuberância óssea na parede lateral da fossa nasal. Existem 3 em cada narina (inferior, média e superior), mas as que mais causam alterações e sintomas nasais são a inferior e a média. Queixas como obstrução nasal e sinusite são comuns quando estão aumentadas de tamanho.

Essas apresentam atividade crucial em filtrar, umidificar e turbilhonar o ar para uma adequada fisiologia respiratória. Alterações na mucosa e localização das mesmas podem ocasionar queixas respiratórias graves.

O aumento das conchas nasais pode ser unilateral ou bilateral. O aumento bilateral pode ser ocasionado por inflamação nasal resultante da rinite alérgica. Já o a aumento unilateral resulta de desvios septais contralaterais.

É importante conhecer a causa do aumento das conchas nasais para a sua adequada resolução. Na maioria das vezes, um tratamento adequado da rinite alérgica diminui o tamanho e o paciente resolve seu problema de uma maneira simples e rápida. Em outros casos, a cirurgia das conchas é necessária para a melhoria da função nasal.

A cirurgia é feita sob anestesia geral, ambulatorial, sem cortes ou pontos. É realizada com o uso de endoscópios, a fim de se visualizar com melhor precisão os vasos sanguíneos, diminuindo riscos de complicação.

Existem várias técnicas cirúrgicas, mas temos como preferência a turbinoplastia, onde se remove parte do osso e da mucosa que causa a obstrução. Assim, o paciente mantém parte do corneto para exercer sua função e não apresenta maiores complicações cirúrgicas.

0627_0029